Notícias

Cartão transporte já pode ser carregado por aplicativos

Foto: Daniel Castellano / SMCS

| 19/7/2019

Os usuários do sistema de transporte coletivo de Curitiba já podem comprar seus créditos por meio de aplicativos digitais. As empresas RecargaPay e Qiwi estão com suas ferramentas disponíveis nos sistemas Android e IOS, que permitem o abastecimento do cartão transporte a partir do telefone celular.

O modelo de compra também está acessível por meio do Curitiba APP, o aplicativo que disponibiliza cerca de 600 serviços públicos do município.

Nos próximos dias deve ter início a venda pela Mercado Pago, terceira empresa já credenciada pela Urbs (Urbanização de Curitiba S/A) para comercializar os créditos de transporte.

O credenciamento para adesão de mais prestadores do serviço continua aberto até 2021, de forma a aumentar as opções para os usuários do transporte coletivo da capital.

Testando

"Carreguei meu cartão e hoje eu estou aqui para validar", disse o prefeito Rafael Greca, que nesta quinta-feira (18/07) foi até o Terminal Hauer testar seu cartão, acompanhado do presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto.

"Agora, todos os usuários podem comprar seus créditos por aplicativos, com mais facilidade e tranquilidade. Depois é só encostar o cartão no validador e pronto. Mais rápido e fácil."

Para carregar o cartão transporte, o usuário precisa baixar no seu celular o aplicativo da empresa de sua escolha e aí seguir os passos indicados em cada uma delas para o carregamento.

É necessário ter um cartão transporte ativo, que é obtido na Urbs.

Avanços

O prefeito destaca que o avanço faz parte de uma série de melhorias que estão sendo feitas no transporte da capital.

"Ficou muito mais fácil embarcar, ir e vir, no transporte inovador de Curitiba. Mais pudermos, mais vamos inovar. Novidade nos ônibus novos, novidade no cartão com passagem na mão", disse o prefeito.

Funcionamento

Os tradicionais pontos de venda de crédito do transporte seguem funcionando normalmente – o novo serviço apenas amplia as opções de compra.

Para recarregar o cartão transporte nas 30 bancas de jornal autorizadas pela Urbs, os usuários pagam mais R$ 1 de taxa de conveniência.

Nenhuma taxa é cobrada nas compras de crédito feitas diretamente na sede da Urbs, na Rodoferroviária de Curitiba

Na compra por boleto e pelo site, a taxa é de R$ 2,38.

Dentro da nova modalidade de compra por aplicativo, a RecargaPay informou não irá cobrar taxas adicionais dos usuários.

O edital de credenciamento das empresas autorizadas a vender créditos do transporte coletivo prevê a cobrança de taxa de conveniência.

De acordo com o edital, a taxa para cada operação de recarga de cartão transporte será devida conforme o valor de recarga efetuada pelo usuário, da seguinte forma:

a partir de R$ 0,01 até R$ 100, o usuário pagará R$ 3 para a empresa;
a partir de R$ 100,01 até R$ 300, o usuário pagará R$ 4 para a empresa;
a partir de R$ 300,01 até R$ 500, o usuário pagará R$ 6 para a empresa;
a partir de R$ 500,01 até R$ 800, o usuário pagará R$ 8 para a empresa;
a partir de R$ 800,01 até o limite máximo de carga, o usuário pagará R$ 10 para a empresa.

Os preços máximos para aquisição de créditos serão ajustados de acordo com a variação do valor da tarifa padrão do sistema de transporte, hoje fixada em R$ 4,50.

Em atenção à legislação de defesa do consumidor, as empresas credenciadas deverão expor em seu ponto de venda a tabela de preços pelos serviços prestados.

Categoria: Transporte Coletivo

Arquivos

Setembro 2019
Agosto 2019
Julho 2019
Junho 2019
Maio 2019
Abril 2019
Março 2019
Fevereiro 2019
Janeiro 2019
Dezembro 2018
Novembro 2018
Outubro 2018
Setembro 2018
Agosto 2018
Julho 2018
Junho 2018
Maio 2018
Abril 2018
Março 2018
Fevereiro 2018
Janeiro 2018
Dezembro 2017
Novembro 2017
Outubro 2017
Setembro 2017
Agosto 2017
Julho 2017
Junho 2017
Maio 2017
Abril 2017
Março 2017
Fevereiro 2017
Janeiro 2017
Dezembro 2016
Novembro 2016
Junho 2016
Maio 2016
Abril 2016
Março 2016
Fevereiro 2016
Janeiro 2016
Dezembro 2015
Novembro 2015
Outubro 2015
Setembro 2015
Agosto 2015
Julho 2015
Junho 2015
Maio 2015
Abril 2015
Março 2015
Fevereiro 2015
Janeiro 2015
Dezembro 2014
Novembro 2014
Outubro 2014
Setembro 2014
Agosto 2014
Julho 2014
Junho 2014
Maio 2014
Abril 2014
Março 2014
Fevereiro 2014
Janeiro 2014
Dezembro 2013
Novembro 2013
Outubro 2013
Setembro 2013
Agosto 2013
Julho 2013
Junho 2013
Maio 2013
Abril 2013
Março 2013
Fevereiro 2013
Janeiro 2013
Dezembro 2012
Novembro 2012
Outubro 2012
Setembro 2012
Agosto 2012
Julho 2012