Notícias

Nova lei do transporte escolar de Curitiba inibe piratas e dá mais segurança

Foto: Everson Bressan/SMCS (arquivo)

| 25/6/2019

Curitiba tem uma nova regulamentação para a melhoria do transporte escolar na cidade. O prefeito Rafael Greca sancionou, nesta segunda-feira (24/6), a Lei 15.460 que atualiza as regras do serviço de transporte escolar. O projeto de lei proposto pelo vereador Jairo Marcelino, e sancionado pelo Executivo, visa a inibir o transporte clandestino ou por pessoas inabilitadas e foi construído em conjunto com os prestadores do serviço. A lei segue para publicação no Diário Oficial do Município.

De acordo com o sindicato dos Operadores de Transporte Escolar em Curitiba (Sindotec), existem cerca de 450 operadores autônomos de vans atuando na cidade. Por dia, em média, são transportados cerca de 18 mil estudantes em Curitiba.

O prefeito destacou que as novas regras vão permitir o controle pela Prefeitura e a regulamentação do serviço.

“A nova lei vai garantir a segurança de nossas crianças e também combater o transporte pirata de estudantes em Curitiba”, disse Greca.

O presidente do Sindotec, Marcio Bonardi, destacou que o serviço feito em Curitiba é reconhecido nacionalmente. 

“Hoje, Curitiba é considerada referência no transporte escolar de crianças no Brasil. Essa nova lei vai ajudar a manter esse reconhecimento e melhorar o serviço”, afirmou Bonardi.

A primeira licitação para o início do serviço de transporte escolar em Curitiba foi feita por Rafael Greca, na gestão anterior dele como prefeito da cidade. 

Licenças para serviço

O transporte escolar é um serviço regulamentado e com licenciamento obrigatório. Em Curitiba é a Urbs quem controla o serviço, emite as licenças, fiscaliza o trabalho dos motoristas, acompanha a capacitação e vistoria o veículo.

Além do adesivo, que tem a data de validade da vistoria (seis meses), os usuários do serviço devem exigir dos responsáveis pelo transporte o Certificado Cadastral do Condutor, documento concedido a motoristas profissionais que têm mais de 21 anos de idade e estão habilitados nas categorias "D" e "E".

O certificado só é fornecido aos motoristas com pelo menos dois anos de experiência profissional, bons antecedentes e que tenham curso específico de condutores de veículos.

A relação dos prestadores de transporte escolar licenciados pela Urbs pode ser consultada pelo site www.urbs.curitiba.pr.gov.br, clicando em Transporte e, em seguida, em Transporte Escolar. A pesquisa está disponível por bairros, basta clicar no bairro de interesse para ter acesso ao número de identificação do veículo, nome do permissionário e telefone de contato.

Também acompanharam a reunião e a sanção da lei 15.460, o secretário do Governo Municipal, Luiz Fernando Jamur, o vereador Jairo Marcelino, Eliseu Barbosa e Fernando Cruz do Sindotec. 

Categoria: Transporte Escolar

Arquivos

Janeiro 2020
Dezembro 2019
Novembro 2019
Outubro 2019
Setembro 2019
Agosto 2019
Julho 2019
Junho 2019
Maio 2019
Abril 2019
Março 2019
Fevereiro 2019
Janeiro 2019
Dezembro 2018
Novembro 2018
Outubro 2018
Setembro 2018
Agosto 2018
Julho 2018
Junho 2018
Maio 2018
Abril 2018
Março 2018
Fevereiro 2018
Janeiro 2018
Dezembro 2017
Novembro 2017
Outubro 2017
Setembro 2017
Agosto 2017
Julho 2017
Junho 2017
Maio 2017
Abril 2017
Março 2017
Fevereiro 2017
Janeiro 2017
Dezembro 2016
Novembro 2016
Junho 2016
Maio 2016
Abril 2016
Março 2016
Fevereiro 2016
Janeiro 2016
Dezembro 2015
Novembro 2015
Outubro 2015
Setembro 2015
Agosto 2015
Julho 2015
Junho 2015
Maio 2015
Abril 2015
Março 2015
Fevereiro 2015
Janeiro 2015
Dezembro 2014
Novembro 2014
Outubro 2014
Setembro 2014
Agosto 2014
Julho 2014
Junho 2014
Maio 2014
Abril 2014
Março 2014
Fevereiro 2014
Janeiro 2014
Dezembro 2013
Novembro 2013
Outubro 2013
Setembro 2013
Agosto 2013
Julho 2013
Junho 2013
Maio 2013
Abril 2013
Março 2013
Fevereiro 2013
Janeiro 2013
Dezembro 2012
Novembro 2012
Outubro 2012
Setembro 2012
Agosto 2012
Julho 2012