TRANSPORTE COLETIVO CARTÃO TRANSPORTE EQUIPAMENTOS URBANOS RODOFERROVIÁRIA TÁXI TRANSPORTE ESCOLAR FRETAMENTO MOTOFRETE MOTORISTAS DE APLICATIVOS LICITAÇÕES ESTAR HORÁRIO DE ÔNIBUS

Notícias

Linha Verde terá Ligeirão com rota ampliada e nova linha urbana


Ricardo Marajó/SMCS

| 10/6/2024

A entrega das pistas do trecho final da Linha Verde pelo prefeito Rafael Greca, neste domingo (9/6), abre espaço para novas melhorias no transporte urbano da cidade. A Prefeitura prepara a ampliação da linha 350-Ligeirão Fagundes Varela/Pinheirinho, que hoje liga o Bairro Alto ao Pinheirinho, e a implantação de uma nova linha urbana, a Atuba/Santa Cândida, até o fim do ano.

“A liberação do trânsito na Linha Verde e das estações-tubo levarão a ligação do Norte ao Sul da cidade a outro patamar, facilitando não apenas a vida de quem mora em Curitiba, mas também da população da região metropolitana, com as várias integrações do sistema”, diz Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbanização de Curitiba (Urbs).

Após as entregas das estações-tubo Solar e Atuba, previstas para ocorrer até novembro, a Urbs, que gerencia o transporte coletivo na cidade, vai ampliar o Ligeirão Fagundes Varela/Pinheirinho, que hoje tem 29 quilômetros, para 35 quilômetros, passando a ligar o Atuba ao Pinheirinho. 

Ampliada, a linha passará a se chamar Atuba/Pinheirinho e a frota de ônibus passará de quatro para 12 veículos, todos articulados.

Mais passageiros

Primeira linha a ligar as regiões Norte e Sul da cidade pela Linha Verde, o Ligeirão Fagundes Varela/Pinheirinho foi inaugurado em 2021 e transporta 8 mil pessoas por dia. Com a ampliação, a expectativa é que esse número passe a 20 mil passageiros/dia, segundo Sergio Luis de Oliveira, gestor da área de operação do transporte coletivo.

Estações-tubo

O Ligeirão Fagundes Varela/Pinheirinho atualmente conta com nove estações-tubo e ganhará mais cinco.

Segundo a Secretaria Municipal de Obras Públicas, as estações-tubo Solar e Atuba, na área de abrangência do Lote 4.1, estão sendo implantadas pela empresa Conex. A primeira tem conclusão prevista para julho e a segunda para novembro. Elas são fundamentais para a extensão da rota no sentido norte.

Estão previstas também as novas estações-tubo no sentido sul: Jardim Botânico, UFPR e Avenida das Torres (Erasto Gaertner), cuja execução é feita pela empresa Dang. A implantação destas cinco estações-tubo está a cargo de contratos distintos do lote 4.1, cuja liberação das pistas que servem ao trânsito foi neste domingo. A previsão de entrega das obras da estação Jardim Botânico está marcada para setembro e as outras duas em dezembro.

Integração

O Ligeirão Fagundes Varela/Pinheirinho é um importante canal para a integração entre Curitiba e Região Metropolitana, possibilitando ao passageiro fazer a troca de ônibus nas estações-tubo ou no terminal sem pagar outra passagem.

Atualmente 18 linhas urbanas e metropolitanas fazem integrações nas estações-tubo do Ligeirão Fagundes Varela/Pinheirinho, sem contar as conexões que podem ser feitas no Terminal do Pinheirinho, o maior da cidade, por onde circulam 49 linhas, sendo quatro metropolitanas.

Nova linha

Além da ampliação do Ligeirão, Curitiba ganhará uma nova linha. Com a implantação da estação-tubo Atuba, prevista para novembro, será colocada em operação a nova linha Atuba/Santa Cândida. Com 6 quilômetros, a rota vai ligar o Terminal Santa Cândida à estação-tubo Atuba pela Rua Mascarenhas de Moraes. A expectativa é que a linha transporte 9 mil pessoas em dias úteis, permitindo a integração também com linhas que vêm de Quatro Barras, Colombo e Campina Grande do Sul.

A nova linha será intercambiável, com embarque e desembarque em pontos tradicionais e também em estação-tubo. Os veículos, articulados, têm portas em ambos os lados, para que os passageiros possam tanto acionar a estação-tubo como os pontos no trajeto.

Categoria: Transporte Coletivo