Aplicativos Disponí­veis

'

FAZ Digital Curitiba

Android Apple Manual

ZUL EstaR Digital Curitiba

Android Apple Manual

transitabile

Android Apple Manual

ElParking

Android Apple Manual

EstaR Digital Curitiba ZAZUL

Android Apple Manual

ESTACIONAMENTO DIGITAL

Android Apple Manual

COMO USAR O ESTAR ELETRÔNICO EM CURITIBA

REGULARIZANDO UMA INFRAÇÃO

Você terá até 5 dias úteis para regularizar a situação no site da URBS,
pagando uma taxa de 30 reais. Esse valor não vira crédito.
Para isso, você deve ter em mãos o número do aviso,
a série e a placa do veículo.
A Regularização de EstaR pode ser feita através desse link: Regularização

DÚVIDAS FREQUENTES

Por que adotar o modelo digital?
O EstaR eletrônico vai modernizar o estacionamento regulamentado na cidade,
facilitando a operação para o usuário, que poderá comprar créditos por aplicativos,
totens ou em pontos de venda de comércio.
Como vai funcionar?
O motorista baixa no celular um dos aplicativos credenciados, e, com apenas alguns
toques, comprar os créditos para a utilização: Zul Digital (On Tecnologia de Mobilidade
Urbana S.A.), Faz Digital Curitiba (Inova Soluções em Tecnologia e Gestão Ltda.)
e Transitabile (Transitabile Sistema de Controle de Vagas Automotivas Ltda.),
Meu Estar(Iomob), ESTAR DIGITAL (Cidatec), elparking (El Parking), DIGIPARE (Areatec),
ZAZUL (Amaralina) e Estacionamento Digital (Serbet).
Qual o cronograma de implantação?
O sistema eletrônico começa em 16 de março, mas até 10 de maio os antigos cartões
de papel conviverão com a ferramenta eletrônica. A partir de 11 de maio, os cartões
antigos não serão mais aceitos e os motoristas terão até 10 de junho para trocá-los
por créditos do EstaR Eletrônico na sede da URBS (Rodoferroviária) e nas Ruas da Cidadania.
Vai ser sempre cobrada hora cheia, como no EstaR atual?
A novidade é que no novo modelo os créditos serão fracionados de quinze em quinze
minutos. Assim, o usuário que usar menos de uma hora, por exemplo, terá o restante
do tempo transformado em créditos para a próxima vez.
Qual o preço?
O preço da hora passa de R$ 2 para R$ 3. Desde 2015, o EstaR não tinha o preço
reajustado na cidade. Mas o fracionamento trará economia para o motorista.
O preço para 15 minutos é de R$ 0,75. Vale lembrar que um estacionamento
privado no Centro cobra, em média, R$ 6 por meia hora e R$ 12 pela hora cheia.
Se eu não tiver celular ou ficar sem bateria, como faço?
Além do celular, o motorista poderá comprar créditos em pontos de venda
do comércio credenciados. Além disso, onde não houver comércio nas vias,
as empresas de aplicativos podem instalar totens para compra de créditos.
Como será a fiscalização?
A fiscalização permanece com agentes da Setran, que terão um dispositivo com
geolocalização dos carros estacionados em cada área. Assim, o agente poderá
rapidamente saber se o veículo está estacionado irregularmente.
Posso armazenar créditos?
Os usuários poderão comprar créditos pelos aplicativos e armazená-los para utilizar
futuramente. Haverá possibilidade de obter descontos ao adquirir um número maior
de créditos.
As motos vão pagar EstaR?
Por enquanto não. A Urbs estuda usar o modelo no futuro apenas para motos
de passeio – as de serviço, com placas vermelhas, devem ser isentas.
O número de vagas vai aumentar?
A previsão é que no futuro sejam abertas mais 3 mil vagas de estacionamento
regulamentado na cidade.

Veículos Elétricos

ISENÇÃO DE EstaR PARA VEÍCULOS ELÉTRICOS: De acordo com o Decreto 1528/2019, os interessados em cadastrar veículos elétricos para isenção do EstaR em Curitiba, devem a partir do dia 10/01/2020 apresentar solicitação via protocolo no Prédio Central da URBS, apresentando dos documentos necessários para comprovação de cada uma das modalidades.

Informações Adicionais

Horário de Funcionamento do Protocolo da URBS 12h30 até 18h30

Consulta Pública

Para saber mais, mande uma mensagem para o whats da Prefs: 99876-2903