Sex, 25 de Julho de 2014

Cartão transporte

Utilidades

O que é

O Cartão Transporte é um documento pessoal, INTRANSFERÍVEL e não é descartável. Além de oferecer modernidade, segurança e agilidade para os usuários da RIT, significa também redução de prazos e custos operacionais para os empresários que proporcionam o benefício do vale-transporte.

Como funciona

Para obter o seu cartão transporte como usuário comum, dirija-se a um dos postos de atendimento da URBS.
Veja horário de atendimento. Saiba mais sobre a documentação necessária, quem tem direito à isenção e cartão estudante.


Os créditos–transporte poderão ser adquiridos por pessoa física ou jurídica através do SISTEMA DE BILHETAGEM ELETRÔNICA:
a. No caixa da URBS localizado na RODOFERROVIÁRIA – Av. Pres. Affonso Camargo, 330 – Bloco Central, de segunda a sexta-feira (dias úteis), das 8h30 às 17h00;
b. Pela INTERNET e, neste caso, o pagamento estará sujeito às regras bancárias – tarifa bancária no valor de R$1,60 (um real e sessenta centavos).


a. Efetuada a compra dos créditos, estes poderão ser carregados após a URBS identificar o pagamento, de acordo com as instruções apresentadas no sistema próprio de compra de crédito;
b. O carregamento dos créditos ocorre diretamente nos validadores existentes no interior dos ônibus que integram a RIT, nas estações tubo e nos terminais de transporte, no mesmo momento do pagamento da tarifa;
c. O cartão transporte poderá ser utilizado em todas as linhas urbanas e metropolitanas integradas à RIT (veja relação de linhas que aceitam);


Cartões não utilizados em período igual ou superior a um ano serão bloqueados por segurança. Antes de utilizá-lo, desbloqueie-o em um dos Postos de Atendimento URBS.

Documentos necessários

Para obter o Cartão Transporte do usuário comum

  • 1

    Documento de identificação original com foto;

  • 2

    CPF;

  • 3

    Comprovante de endereço.


Para obter o Cartão Estudante

Verificar Passe Escolar


Para obter o Cartão Isento

Verificar Isenção Tarifária

Venda de créditos

De acordo com o disposto nos parágrafos 1º e 2º do Decreto Municipal 90/2002, É VEDADA A COMERCIALIZAÇÃO E A TRANSAÇÃO DE CRÉDITOS E CARTÕES, FORA DAS ESPECIFICAÇÕES E AUTORIZAÇÕES EMITIDAS PELA URBS, PODENDO ISTO IMPLICAR NA APREENSÃO DOS MESMOS PELOS ÓRGÃOS MUNICIPAIS COMPETENTES.

Comprar créditos

Na URBS

RODOFERROVIÁRIA – Bloco Central - AV PRES. AFFONSO CAMARGO, 330.
Horário de atendimento: das 8h30 às 17h00 – DIAS ÚTEIS - de segunda a sexta-feira.

FORMA DE PAGAMENTO: dinheiro ou cheque do próprio emitente.

OBS.: Neste caso, o usuário deverá apresentar o cartão transporte ao caixa. Os créditos adquiridos já serão liberados para utilização imediata.

Pela internet

FORMA DE PAGAMENTO: emissão de boleto bancário ou guia de recolhimento

O pagamento estará sujeito às regras bancárias – tarifa bancária no valor de R$1,60.

Nos casos de compra pela Internet, os créditos estarão disponíveis para serem carregados em até 72 horas após a URBS identificar o pagamento do mesmo.


Pessoa Física

Acesse o SBE - Sistema de Bilhetagem Eletrônica para compra de créditos informando o seu “LOGIN” e a “SUA SENHA”. Se você ainda não é cadastrado, faça o seu cadastro.


Pessoa Jurídica

Para acesso ao SBE - Sistema de Bilhetagem Eletrônica, os dados do operador master e operadores juniores já deverão estar cadastrados e atualizados. Para cadastro de senha de acesso, o SBE requererá a utilização de uma senha master provisória de uso exclusivo e sigiloso. A substituição do operador master do SBE, por questões de segurança da própria empresa, somente pode ser solicitada junto à URBS através do e-mail: cadastro@urbs.curitiba.pr.gov.br.

Saldo do Cartão Transporte

1. Para fazer a consulta de saldo de crédito do Cartão Transporte você deve estar cadastrado no Sistema de Bilhetagem Eletrônica (SBE), e ter o CPF vinculado ao Sistema.

2. Se o cartão transporte foi feito apenas com o RG do usuário, o mesmo deverá atualizar seu cadastro em um dos postos de atendimento da URBS para fazer a vinculação do cartão ao CPF:

Posto de Atendimento da URBS, em dias úteis, das 8h30min às 17h:

  • Rodoferroviária - Bloco Interestadual – Av. Pres. Affonso Camargo, 330 - ao lado da sala vip da Catarinense;
  • Rua da Cidadania – Regional Matriz - Praça Rui Barbosa (entrada pela rua Pedro Ivo)
  • Rua da Cidadania – Regional Boa Vista - Av. Paraná, 3.600
  • Rua da Cidadania - Regional Boqueirão - junto ao Terminal do Carmo, sala 44 do lado "B"
  • Rua da Cidadania - Regional Pinheirinho - junto ao Terminal do Pinheirinho - Rua Winston Churchill
  • Rua da Cidadania - Regional Portão - junto ao Terminal Fazendinha - Rua Carlos Klemtz

Documentos necessários:

  • CPF do usuário;
  • Documento de identificação oficial (com foto);
  • CQ/CT do Cartão Transporte.

Veja o saldo do Cartão Transporte

Perguntas frequentes

1 - O que é o Cartão Transporte?

É um cartão eletrônico inteligente (smart card), de uso pessoal, não descartável, que armazena créditos de passagens a serem utilizados pelos usuários no sistema de bilhetagem eletrônica da Rede Integrada de Transporte – RIT.

2 - Quais as vantagens do sistema de bilhetagem eletrônica?

- Melhor gerenciamento do sistema de transporte coletivo, possibilitando prestar melhores serviços aos usuários;
- Maior segurança nos ônibus, estações tubo e terminais em virtude da redução do volume de dinheiro e vales circulantes;
- Redução no tempo de embarque, uma vez que o cobrador não precisará recolher o vale-transporte;
- Agilidade e segurança nos procedimentos de compra e distribuição do benefício do vale-transporte pelas empresas;
- Garantia do uso do benefício do vale-transporte dentro de sua real função;
- Facilidade de aquisição de créditos pela internet, através do site www.urbs.curitiba.pr.gov.br, os quais são carregados nos validadores dos ônibus, estações tubo e terminais do sistema da Rede Integrada de Transporte;
- Possibilidade de limitar a quantidade de utilização diária do Cartão Transporte;
- Possibilidade de bloqueio do cartão com a recuperação dos créditos não utilizados.

3 - Como faço para obter o Cartão Transporte?

O Cartão Transporte pode ser obtido nos postos de atendimento da URBS na Rodoferroviária, nas Ruas da Cidadania (Boa Vista, Carmo, Matriz, Pinheirinho e Fazendinha) e no Posto Avançado Tatuquara.

O usuário deverá trazer seu documento de identificação original com foto, CPF, comprovante de endereço e fornecer informações para preenchimento de um cadastro. Não é necessário tirar foto e o cartão é emitido no momento do cadastro. Menores de idade deverão estar acompanhados dos pais ou responsável legal, apresentando documento de identificação original com foto de ambos. O Cartão Transporte é um documento pessoal e intransferível, e não é descartável.

4 - Quanto custa o Cartão Transporte?

O primeiro Cartão Transporte é fornecido gratuitamente pela URBS. Se o cartão apresentar algum defeito de fabricação, poderá ser substituído nos postos de atendimento da URBS na Rodoferroviária e nas Ruas da Cidadania sem custo para o usuário. Caso fique comprovado que o defeito seja decorrente de mau uso, ou nos casos de perda, roubo ou extravio, o custo da segunda via equivale ao valor de 05 (cinco) tarifas vigentes e correrá por conta do titular do cartão e deverá ser pago em dinheiro, não podendo ser descontado dos créditos do cartão.

5 - Qual a idade mínima para se adquirir um Cartão Transporte?

As crianças até cinco anos de idade não precisam adquirir o Cartão Transporte uma vez que estão isentas de pagar a tarifa.

6 - Pode-se solicitar o Cartão Transporte para outra pessoa? (filhos, empregados domésticos, etc.)

Para a confecção do cartão, o usuário tem que comparecer pessoalmente aos postos de atendimento da URBS. É necessário trazer um documento de identificação original com foto, CPF e um comprovante de endereço. Entretanto, menores de 18 anos, os pais, ou responsável legal, apresentando documento de identificação original com foto de ambos, podem solicitar o Cartão Transporte.

7 - Os usuários do sistema de transporte coletivo da Rede Integrada de Transporte - RIT são obrigados a ter o Cartão Transporte?

Não, o usuário pode optar em pagar a tarifa em dinheiro direto ao cobrador, mas o uso do cartão trará maior agilidade e comodidade.

8 - Como o Cartão Transporte deve ser utilizado para permitir o acesso do usuário aos ônibus das linhas integrantes da Rede Integrada de Transporte - RIT?

Junto a cada catraca dos ônibus, das estações tubo e dos terminais da Rede Integrada de Transporte – RIT, há um equipamento que valida o uso do crédito sempre que o Cartão Transporte for aproximado. Um crédito é deduzido do cartão e a catraca é imediatamente liberada para o usuário.

9 - O Cartão Transporte pode ser utilizado em qualquer ônibus?

O Cartão Transporte pode ser utilizado em todos os ônibus das linhas do transporte coletivo da Rede Integrada de Transporte – RIT (urbanos e metropolitanos). Veja a relação completa das linhas clicando aqui.

10 - Qual a validade do Cartão Transporte?

O Cartão Transporte Usuário não tem prazo de validade. Entretanto, será automaticamente bloqueado se não for utilizado por período superior a 12 meses (sem perda de créditos não utilizados ou disponibilizados no Sistema de Bilhetagem Eletrônica). O desbloqueio deverá ser efetivado pelo titular, nos Postos de Atendimento da URBS para confirmação e atualização dos dados (deverá apresentar documento de identificação original com foto e o cartão transporte). Os cartões dos estudantes e isentos deverão ser renovados anualmente de acordo com as instruções informadas pela URBS no momento da obtenção do benefício.

11 - Posso emprestar meu Cartão Transporte?

Não recomendamos esta prática, pois qualquer má utilização do Cartão Transporte pelo terceiro será de total responsabilidade do titular do cartão. O cuidado com o Cartão Transporte deve ser o mesmo dispensado a um cartão de banco.

12 - Por que o Cartão Transporte é personalizado?

Para permitir seu bloqueio nos casos de perda, roubo ou extravio. O bloqueio será efetivado em até 48 horas da data da solicitação, sendo realizado pelo titular do Cartão Transporte – para ligações de Curitiba (através do fone 156), da região metropolitana (3350-6300), ou diretamente nos postos de atendimento da URBS (neste caso, munido de documento de identificação original com foto). Os créditos não utilizados, apurados após as 48 horas da notificação, serão restituídos pela URBS. O titular também deverá estipular um limite diário de utilização do seu Cartão Transporte, o que permitirá minimizar eventuais prejuízos na ocorrência dos casos acima citados.


13 - O que fazer em caso de roubo, extravio ou defeito no cartão?

É de única responsabilidade do titular entrar em contato para solicitar o bloqueio do seu Cartão Transporte. Para ligações de Curitiba (através do fone 156), da região metropolitana (3350-6300) ou diretamente nos postos de atendimento da URBS (neste caso, munido de documento de identificação original com foto). O bloqueio será efetivado em até 48 horas da data da solicitação e os créditos remanescentes serão restituídos em até 72 horas. Para obter uma 2ª via do Cartão Transporte, o titular deve se dirigir aos postos de atendimento da URBS, e terá um custo no valor de 5 (cinco) tarifas vigentes que deverá ser pago em dinheiro, não podendo ser descontado dos créditos do cartão. Não haverá custo para o usuário somente nos casos em que for comprovado que o Cartão Transporte apresenta defeito do próprio cartão.

 

14 - Como o usuário deve proceder, caso localize seu cartão, que já encontra-se bloqueado por extravio ou roubo?

De posse do cartão (desde que este seja o último solicitado pelo usuário), e de um documento de identificação original com foto, o titular deverá se dirigir a um dos postos de atendimento da URBS, para efetuar o desbloqueio do mesmo.

15 - Como proceder se o Cartão Transporte ficar "mudo" ao ser aproximado do validador?

Se o cartão não funcionar em determinado validador, o usuário deve ligar para 156 e registrar a ocorrência para que possamos providenciar o reparo do equipamento no menor tempo possível. Se o cartão não funcionar em nenhum validador, o usuário deve trazer seu cartão para análise e verificação do problema nos postos de atendimento da URBS sem perda dos créditos não utilizados gravados no cartão e das cargas não realizadas e, temporariamente, pagar as passagens em dinheiro. A substituição do cartão será efetivada somente na presença do titular do cartão. Não haverá custo para o usuário, somente nos casos em que for comprovado que o Cartão Transporte mudo apresenta defeito do próprio cartão.

16 - E quando o usuário não pode comparecer a um dos postos de atendimento da URBS para solicitar a confecção de seu Cartão Transporte ou para verificar um possível problema no mesmo?

Caso o titular do Cartão Transporte não possa comparecer aos postos de atendimento da URBS, o mesmo poderá emitir uma autorização específica, com firma reconhecida em cartório autorizando uma outra pessoa, maior de idade. De posse desta autorização, com o seu documento original de identificação com foto e do Cartão Transporte quando for o caso, o autorizado deverá se dirigir aos postos de atendimento da URBS para realizar o serviço desejado.

17 - Como devo proceder para carregar os créditos disponíveis no meu Cartão Transporte?

Os créditos que já estão disponíveis por aquisição pessoal, ou pela empresa, devem ser carregados ao aproximar o cartão dos validadores, instalados junto às catracas dos ônibus, estações tubo e terminais do Sistema da Rede Integrada de Transporte.

18 - Como se verifica o saldo de créditos no cartão?

Toda vez que o cartão for utilizado, o visor do validador junto às catracas dos ônibus, estações tubo e terminais da Rede Integrada de Transporte, informará o saldo de créditos remanescentes. Também é possível consultar o saldo e verificar os últimos lançamentos de créditos, no site da URBS. Para isto, o usuário deverá ter apresentado o seu CPF no momento da aquisição do cartão, bem como possuir cadastro para compra de créditos "Pessoa Física". Clique aqui para consultar o saldo através do Sistema de Bilhetagem Eletrônica.

19 - Por que nem todos os Cartões Transporte são iguais?

Para facilitar o controle de utilização pelos cobradores do sistema, foram instituídas cores diferenciadas para grupos específicos de usuários que gozam de benefícios por conta de legislação específica, como os idosos, pessoas com deficiência e os estudantes com direito ao passe escolar.

20 - Quem possui o Cartão Transporte Isento ou o Cartão Transporte Estudante deve solicitar o Cartão Transporte Usuário?

O Cartão Transporte Isento e o Cartão Transporte Estudante são concedidos aos usuários que tem direito, por lei, à obtenção de algum tipo de benefício nos valores das tarifas do sistema de transporte coletivo. Estes cartões não recebem créditos e sua validade é renovada anualmente. O usuário portador do Cartão Transporte Isento, por usufruir de gratuidade integral na tarifa, não necessita do Cartão Transporte Usuário para nenhuma circunstância. O usuário portador do Cartão Transporte Estudante deve providenciar seu Cartão Transporte Usuário se precisar receber créditos de passagens de eventual empregador ou se desejar adquirir créditos para seu uso pessoal além do obtido no benefício concedido.

21 - O que é função limitante de utilização diária do Cartão Transporte?

Para minimizar ou evitar prejuízos nas ocorrências de perda, roubo ou extravio do Cartão Transporte, até o momento do seu bloqueio, o usuário deverá optar por um limite diário de utilização do cartão. Em outras palavras, o usuário tem a escolha de estipular até no máximo 10 (dez) créditos que poderão ser utilizados por dia em seu cartão.

22 - Meu cartão transporte é antigo, e a URBS está mudando o sistema, como devo proceder?

A URBS está implantando um novo sistema de bilhetagem eletrônica, cartões confeccionados até 15/08/2010 devem ser convertidos para o novo sistema, isto pode ser feito nos equipamentos instalados em todos os terminais do transporte coletivo até o dia 20/12/2010. Após esta data, somente nos postos de atendimento da URBS.

23 - Como as empresas podem solicitar os cartões de seus funcionários?

A empresa pode solicitar a confecção de Cartões Transporte para seus funcionários através de seu operador máster, desde que sejam no mínimo 10 (dez) cartões. A solicitação deve ser feita por meio de ofício assinado pelo operador máster e entregue no posto de atendimento da URBS Rodoferroviária, contendo os seguintes dados: nome completo do usuário (titular do cartão), nome completo da mãe, data de nascimento, número do documento de identificação (RG), número do CPF, endereço residencial completo e telefone.

Caso o número de funcionários seja inferior ao mínimo estipulado para o pedido de Cartões Transporte, os usuários (funcionários da empresa) deverão seguir os procedimentos de rotina. O usuário deverá trazer seu documento de identificação original com foto, CPF, um comprovante de endereço e fornecer informações para preenchimento de um cadastro. Não é necessário tirar foto e o cartão é emitido no momento do cadastro. Menores de idade deverão estar acompanhados dos pais ou responsável legal, apresentando documento de identificação original com foto de ambos. O Cartão Transporte é um documento pessoal e não é descartável.


24 - Qual o prazo de entrega dos cartões após a solicitação da empresa?

O prazo para entrega dos cartões à empresa é de no máximo 15 dias úteis a partir da data da entrega da solicitação de confecção do Cartão Transporte.

25 - O que acontece no caso de uma empresa solicitar Cartão Transporte para um funcionário que já o possua?

No ato da confecção do Cartão Transporte, o sistema automaticamente informará quais funcionários já possuem o cartão, sendo informado para a empresa o número do Cartão Transporte e do SIC de cada funcionário que se enquadrar nesta situação no momento da entrega dos cartões dos demais funcionários.

26 - A empresa pode solicitar o bloqueio do cartão de um funcionário por motivo de roubo, perda, dano ou desligamento da empresa?

O Cartão Transporte é um documento pessoal. O titular do cartão é o único responsável pelo seu uso e solicitação de bloqueio, ligando de Curitiba através do fone 156, da região metropolitana para 3350-6300, ou, ainda, comparecer diretamente nos postos de atendimento da URBS (neste caso, munido do seu documento de identificação original com foto, para solicitar o bloqueio do seu cartão).


27 - Como deve proceder o usuário que muda de emprego?

O Cartão Transporte é um documento pessoal. Ao se desligar de uma empresa, o funcionário continua de posse do mesmo cartão. O usuário será cancelado da lista de compra de créditos do emprego anterior e o número do Cartão Transporte e do SIC passarão a fazer parte da lista de compra de créditos do novo empregador.

28 - Quando o funcionário é desligado, a empresa deve recolher o seu Cartão Transporte?

O Cartão Transporte não deve ser recolhido pela empresa, pois pertence ao titular do cartão. Este mesmo cartão será utilizado pelo usuário para receber os vales-transporte de outro empregador ou para adquirir créditos de uso pessoal. A empresa simplesmente deve retirar este funcionário da sua lista de compra de créditos.

29 - As empresas que utilizam o Cartão Qualidade devem solicitar o Cartão Transporte para seus funcionários?

As empresas que se encontram nesta situação devem solicitar o Cartão Transporte para seus funcionários, visto que o benefício do vale-transporte é creditado no Cartão Transporte Usuário.

30 - Eu recebo o benefício do vale-transporte no meu cartão qualidade, como poderei fazer a conversão para o novo sistema?

O novo sistema não aceita a conversão do cartão qualidade. O usuário deverá comparecer em um dos postos de atendimento da URBS para o bloqueio da função transporte do seu cartão qualidade, e confecção de um cartão transporte usuário sem custo, com a carga imediata dos créditos remanescentes.

31 - Onde estão localizados os postos de atendimento da URBS?

Os postos de atendimento da URBS estão localizados na Rodoferroviária e Ruas da Cidadania, nos endereços a seguir:

- RODOFERROVIÁRIA - AV. PRESIDENTE AFFONSO CAMARGO, 330;

- MATRIZ - PRAÇA RUI BARBOSA;

- BOA VISTA - AV. PARANÁ, 3600 - PRÓX. POSTO DE SAÚDE 24H. DO BOA VISTA;

- BOQUEIRÃO - TERMINAL CARMO;

- PINHEIRINHO - TERMINAL PINHEIRINHO;

- PORTÃO - TERMINAL FAZENDINHA;

- POSTO AVANÇADO TATUQUARA - RUA PERO VAZ DE CAMINHA, 560 - TATUQUARA.

32 - Se eu não fizer a compra pela internet, mas se eu tiver em mãos o boleto já impresso para pagamento, eu posso quitá-lo no caixa da URBS? Neste caso, eu pago alguma taxa?

Sim, você pode quitar o boleto desde que este seja apresentado ao caixa. Neste caso, não há cobrança de qualquer taxa e os créditos adquiridos estarão liberados para carga no dia seguinte

33 - Como faço para fazer uma reclamação sobre validadores com problemas nas estações tubo?

Atraves do fale conosco na página da URBS - Central 156.

34 - Como faço para recuperar a senha do meu cadastro no Sistema de Bilhetagem Eletrônica?

Você deve ligar para a Central 156 se estiver em Curitiba, ou 3074-6300 se estiver na Região Metropolitana. Será fornecida uma senha provisória para acessar o sistema e no primeiro acesso será solicitada a troca por outra senha de sua preferência.

35 - O que fazer quando o número do meu cartão estiver apagado?

Você pode solicitar gratuitamente a reimpressão do número do seu cartão (desde que o mesmo não esteja danificado). Basta se dirigir a qualquer Posto de Atendimento da URBS (Rodoferroviária e Ruas da Cidadania do Boa Vista, Carmo, Fazendinha, Matriz Rui Barbosa, Pinheirinho e Posto Avançado Tatuquara), portando documento de identificação original com foto e o cartão transporte.

36 - Existe limitação de compra de créditos para pessoa física?

Sim, a pessoa física pode comprar até 220 (duzentos e vinte) créditos a cada 30 (trinta) dias.

37 - O que acontece com os créditos já adquiridos quando a tarifa é reajustada?

Os créditos já adquiridos podem ser utilizados normalmente,  sem a necessidade de correção dos valores.